quinta-feira, fevereiro 22, 2007

Amor

Acho que se minha amiga Natinha me encontrasse hj...Eu ia querer que o chão se abrisse pra eu me esconder dela. Ela não estaria orgulhosa de mim... eu não sou nem de longe a sombra do que ela queria ser quando crescesse.

Mas é assim mesmo. tudo vai do ponto de vista...E claro tudo depende da perspectiva em que estamos olhando. Ou ainda em que estamo nos baseando pra comparar. É por isso que eu coloquei essas fotinhas aí ao lado. Como somos Grandes, o nosso lindo Planeta Terra demora um dia inteirinho pra dar uma volta em torno do próprio eixo...e isso a uma velocidade que eu nem faço idéia, mas sei que é muito rápido.

Ontem eu estava tentando me comparar com a Natinha, ela era muito sonhadora, eu lembro! Tinha tantas e tantas esperanças...Não que eu não tenha.

Mas olha minhas perspectivas hj são bem diferentes das dela. Meus sonho de hj não se encaixariam nos sonhos dela. É como eu pensar que Júpiter é menor que a Terra, ou ainda eu tentar provar que o Sol é o menor de todos!
Mas de uma maneira estranha tudo se encaixa. E começo a pensar que realmente estamos dentro de um plano que alguém criou. Não posso ser arrogante e afirmar quem. Eu não sei. Mas sei que é um plano magistral. E tão Digno que me Torna Digna de existir e fazer parte dele. Quem é o construtor de algo tão perfeito? Não sei. Mas gosto de chamá-lo de Deus!

Minha horas de pensamentos perdidos de encontro com a pequena Natinha, me fazem enxergar que eu fui ainda mais longe do que eu ela poderia ir. Eu conheci uma criança ela tem 4 anos, seu nome aqui será Kat, a mãe da Kat é uma mulher muito bonita, tem 5 filhos e 34 anos de idade. Ela é soro positivo. Ela cuida da kat com tanto Amor que me comove. Mas ela não acredita mais nos seres humanos e nem na bondade genuína dos mortais. Ela quer que Kat aprenda isso o quanto antes, e lhe dá conselhos:"não se misture, não acredite, eles não dizem a verdade!" Eu percebi que Kat tem lhe dado ouvidos. Mas Kat não pode com a força de um Amor.

E ela acaba por se render, abraçar-me e dizer-me:"Eu amo você!" É isso, ela me tocou. Acho que possivelmente ela é soro positivo também. Mas ela sabe o que é o amor. E ela me ama. Eu não disse que sua mãe estava errada, nem afirmei com palavras que a amava. Mas amo! E tenho certeza que, se a pequena Natinha soubesse que o sonho é algo que consumimos enquanto vivos. Ela sonharia em um dia ouvir de uma Linda criança...Eu Amo Você! Porque nada me faz sentir melhor que isso.

E afirmo que Arcturus é menor do que a Renata neste exato momento.
"Saber Amar, é saber deixar alguém te Amar!"

Para a Kat, que conquistou meu coração!

...Renata...
 Posted by Picasa

Um comentário:

Thai disse...

Ai que lindo! Nada como ler esta msg ao final de um dia estressante! Te amo muito! Bj