terça-feira, maio 15, 2007

EMB

Manhã de outono em Brasília, o vento gelado e já ressecado que sinto em meu rosto me lembra como eu gosto dessa época brasiliense, desse frio, e como é bom ter coisas boas pra recordar. Como qdo eu tinha que ir pra EMB, nossa adorava saber que tinha aula O Caminha da escola é perfeito, às vezes escondida ainda o faço, como se fosse voltar a estudar, só mesmo pra sentir o sabor desse passado.

E tudo continua lá, os quiosques que exalam o cheiro do pão de queijo quentinho, o banco central e suas trutas a nadar no espelho d'água, a cerquinha do estacionamento da Caixa, a faixa de pedestre, é só esticar o braço e os carros param, continua igual. O prédio da polícia federal, era tão maior naqueles dias, o moço que lava os carros no estacionamento ainda é o mesmo.

O colégio e enfim a minha Escola, a Escola de Música de Brasília...Ouço as aulas de canto coral, violinos nos corredores, pianos, chellos, clarinetas, acordes de violão...ahh sim! As Flautas... Tem a professora preferida a Hortência. Dias felizes, músicas pra se estudar, música pra se apreciar. Música pra se viver. Viver músicas. Estudos de escalas e estudos de Flauta...

Estou com saudades da minha música, preciso ouvi-la, preciso me lembrar de quem eu sou. Estou com saudades da minha Flauta. Está em Sampa, vivendo o meu sonho de Sampa. Que também é outra saudade! Eita vida esquisita...A gente está sempre Feliz, mas sempre sentindo falta de algo que outrora nos fez feliz.


É que quando escuto essa Valsinha...Sinto um desespero pelo tempo que não volta mais!!!

Acho que isso é Saudade!


Um comentário:

Thai disse...

É estranho mesmo!!!!!! Mesmo felizes sentimos falta de outras coisas que nos fizeram felizes...Eu sinto falta de ter um pouco menos de responsabilidade...de qdo podia dormir à tarde, assistir novela, Gasparetto e tudo o que tenho direito rsrs!! Era tão bom!! Sinto sua falta demais trem! Apareça, a casa é sua, ou melhor, meu S2 tb é seu! Bjim!! I love you!